A JCB, líder mundial em vendas de retroescavadeiras e manipuladores telescópicos Loadall, acaba de ampliar o seu portfólio de equipamentos disponíveis para o mercado brasileiro. Com o intuito de democratizar o acesso aos manipuladores telescópicos no país, os novos modelos 530-70 e 530-110 oferecem um melhor custo-benefício em produtos personalizados para o mercado nacional.

“Seguimos nosso plano de crescimento acreditando no mercado brasileiro”, afirma o presidente da JCB, José Luis Gonçalves. “Nesse sentido, nosso primeiro lançamento do ano é uma iniciativa para popularizar o Loadall, que é um equipamento versátil e no qual somos pioneiros. A chegada desses novos dois modelos de manipuladores telescópicos faz parte do nosso plano de investimento de R$ 120 milhões previsto para o triênio anunciados na comemoração dos 20 anos da empresa no país”.

Pensada para um mercado em crescimento

O Loadall é uma das máquinas mais completas e preferidas no mundo, pois sozinho oferece os recursos de um guindaste, de uma plataforma aérea, de uma pá carregadeira e de uma empilhadeira. Otimizando tempo e esforços no campo e na construção. Os novos manipuladores telescópicos 530-70 e 530-110 foram projetados para o modelo de trabalho brasileiro, um mercado em desenvolvimento. São produtos de componentes técnicos simples, mas tecnologicamente atualizados e modernos.

Economia e produtividade

Os modelos JCB 530-70 e 530-110 proporcionam redução de custos com mão de obra e cobrem a operação de vários modelos de máquinas. O motor JCB 448 é uma unidade altamente produtiva, projetada para proporcionar harmonia de todo o trem de força da marca, oferecendo grande eficiência exigidas para diversas aplicações. Para mais versatilidade, todos os Loadall JCB são equipados com uma linha hidráulica bidirecional auxiliar na lança, capaz de receber uma gama diversa de acessórios. Além disso, o sistema de engate rápido JCB faz com que a troca de acessórios seja rápida e fácil.

Força e durabilidade

Os novos Loadall têm capacidade de carga de até 3.000kg e com motor de baixo consumo de combustível. A altura de levantamento chega a 11 metros. O equipamento foi projetado com lança em forma de U e chapa de fechamento inteiriça incorporada com extensões de solda para reduzir as juntas e pontos de maior esforço. Para uma maior robustez e rigidez estrutural da lança, os manipuladores têm sobreposições com mais de 1 metro em cada seção. As máquinas contam ainda com linhas hidráulicas localizadas na parte interna da lança, protegendo contra possíveis danos durante a aplicação.

A lança de um Loadall JCB é montada no chassi, abaixo do nível da cabine, proporcionando uma estrutura rígida e mais visibilidade. Para uma resistência extra, foi reduzido o número de juntas e de pontos de atrito. A ponta da lança é integrada, construída em chapa única (não é soldada à lança), sendo assim uma peça resistente e durável. Na JCB, eixo, transmissão e motor são de produção própria. Os cilindros hidráulicos de levantamento, inclinação e extensão são mantidos em lugares protegidos por peças fundidas para aumentar a integridade estrutural da máquina.

Segurança e conforto

Os manipuladores telescópicos JCB contam com uma das maiores cabines do mercado, menor nível de ruído interno e diferentes tipos de ventilação. Os assentos possuem suspensão para garantir a ergonomia do operador. A disposição dos botões e interruptores proporciona uma operação intuitiva e tranquila. O LMI (Indicador de momento de carga) integral mostra a carga através de um gráfico ao nível dos olhos do operador, que o avisa por alarmes visuais e sonoros no caso de a carga exceder os limites do equipamento.

Para maior desempenho, os manipuladores JCB contém um ventilador reversível para limpar a poeira e detritos do sistema de arrefecimento (530-70 de série e 530-110 opcional). Além disso, luzes de trabalho e de tráfego estão espalhadas pela máquina para melhor visibilidade em trabalhos noturnos e locais confinados. As cabines possuem certificações ROPS e FOPS para maior segurança do operador e, de série, o quebra sol frontal e superior para maior conforto térmico durante a operação.

Tecnologia em todo o processo

Atualmente toda a linha JCB conta com sistema de monitoramento em tempo real através do programa de telemetria JCB LiveLink. A ferramenta envia notificações instantâneas, caso surjam problemas que possam prejudicar a operação. Além de garantir segurança ao equipamento, a tecnologia reduz paradas desnecessárias.

Em 2021, a JCB investiu R$ 1,2 milhão na construção do Latam Uptime Centre, um centro de suporte a todas as máquinas no continente. A partir de Sorocaba (SP), especialistas têm acesso a um painel de controle em tempo real por dados enviados das máquinas em uso. O sistema de monitoramento usa algoritmos preditivos, que permite atuação antecipada junto à Rede de Distribuidores JCB, maximizando a disponibilidade dos equipamentos.

Novas linhas de crédito e maior cobertura

Desde o início de março o JCB Finance, serviço financeiro da montadora, passa a contar com maior cobertura e novas soluções de crédito e financiamento para atender diferentes perfis de compradores do seu portfólio de máquinas da linha amarela. A nova parceria com o De Lage Landen (DLL Group), empresa global de financiamento especializada em apoiar fabricantes de equipamentos e tecnologia, distribuidores e revendedores, proporciona novas linhas de crédito dedicadas, prazos estendidos e exposição de crédito reduzida. Além disso, o JCB Finance oferece a plataforma digital DLL Neo que permite a aquisição e acompanhamento de ponta a ponta da operação de financiamento.

Confira todos os detalhes dos manipuladores telescópicos JCB 530-70 e JCB 530-110 na Valence Máquinas.

 

Fonte: Assessoria de Imprensa JCB – G&A Comunicação